Rehab Mode


O fim do mês de julho teve um final trágico para muita gente. Primeiro pelos ataques na Noruega, que resultaram em dezenas de mortes e milhares de inconformados. Segundo, pela morte da diva Amy Whinehouse, que aos 27 anos deixou uma legião de fãs órfãos. Bem, este enredo você já deve ter ouvido... Diversos artistas importantes para a história da música morreram aos 27 de forma meio inexplicada ou por abuso de drogas/remédios. Alguns nomes são, por exemplo, Janis Joplin, Jim Morrison, Jimi Hendrix, Kurt Kobain, Brian Jones... Well, Amy agora faz parte deste seleto grupo.

Mudando só um pouquinho de assunto, a grife Sérgio K. lançou a linha de acessórios para casa Rehab Mode, a qual faz referência ao relacionamento de celebridades com drogas, bebidas e remédios. “A intenção é tratar o tema rehab de uma forma mais leve, como numa grande brincadeira”, explica o empresário Sergio Kamalakian. Se isso tem algo de positivo ou não, tire suas próprias conclusões...


Reconhece todo mundo? Estes são os Porta-copos Sergio K. Rehab Mode, com design de Fabio Ponce, R$ 29.

E aí, o que achou desta coleção polêmica? Para ver mais, acesse o site da Sergio K Home ou entre em contato por telefone (11) 3083-1789.

2 comentários:

  1. Não acho que seja por maldade... acho até divertido! Legal o blog de vocês... vou acompanhar! Bjuuus

    ResponderExcluir
  2. Embora pareça uma ode ao uso de drogas à primeira vista, é, beeeeeeeeeeem lá no fundo, uma grande brincadeira ter peças assim em casa para servir nossos copos de bebida.

    Cansamos de cantar "Rehab" como protesto aos que nos querem fazer ser diferentes: "tentaram me levar para a reabilitação, mas eu disse não, não, não" - isso funciona com qualquer ação contrária ao que se espera de cada um de nós; seja pela sexualidade, pelo vício em drogas, pela escolha da profissão, pelas nossas crenças religiosas, pela forma como nos vestimos...

    Os porta-copos servirão a uma bela reunião de ovelhas negras, regada a diversão e ironia. O bom humor é a necessária reabilitação para uma vida cheia de riscos a que nos expomos diariamente.

    Estou no rebanho. Quem se junta?

    "Yes, I've been black, but when I come back
    You'll know-know-know"

    -----

    Parabéns, Renacha, pela discussão. Lindo retorno deste blog. Um orgulho! ;)

    ResponderExcluir